quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Sonhos

"Há quem diga que todas as noites são de sonhos. Mas há também quem garanta que nem todas,
mas somente as de verão.
Mas no fundo isso não tem importância.
O que interessa mesmo
não são as noites em sí,
são os sonhos.
Sonhos que o homem sonha sempre.
Em todos os lugares,
em todas as épocas do ano,
dormindo ou acordado."

(William Shakespeare)


Bons sonhos para 2010

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Exposição e Concurso


Grupo de Matemática do 3º Ciclo e Secundário na Biblioteca Escolar com:

- Exposição EureKit - Jogos Matemáticos e
- Concurso de Presépios em Tangram




Abrir os olhos e o coração


A solidariedade consiste em permitir que os outros entrem no nosso espaço pessoal, acolhendo-os com cordialidade e partilhando com eles o que temos e o que somos. Mais do que dar algo, a verdadeira solidariedade consiste, como a praticou Jesus, em dar-se a si mesmo, para que os outros tenham vida e vida em abundância. A solidariedade leva-nos a abrir bem os olhos e a perceber o que se passa à nossa volta para entendermos a realidade. E além dos olhos, precisamos de abrir também o coração e deixar vir à superfície os sentimentos que nos podem levar a partilhar a paixão (compaixão) com os nossos semelhantes mais carenciados. Um coração solidário vê onde há necessidade de amor e actua em consequência.
A solidariedade é sobretudo um estilo de vida que nasce do encontro com o mundo da dor, não através da realidade virtual mediática, mas da realidade concreta à nossa volta, e não tolera a indiferença.
Procurando incentivar a vivência de valores, aqui na Biblioteca Escolar, fizemos um cabaz solidário que vai ser entregue a uma família necessitada.

A história do acesso ao conhecimento

Gatekeepers of Knowledge from ChangSchool on Vimeo.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Hora do Conto de Natal


Vem aí o Natal e, como é de lei, os contos ganham um colorido especial, levando-nos pela mão até ao mundo maravilhoso das fadas e dos castelos, dos duendes e anões, da neve e da lareira acesa, dos príncipes e dos mendigos, das dificuldades de sempre, da solidariedade, do amor.A nossa Biblioteca convida todos os alunos, professores e restante comunidade a procurar nas suas estantes alguns dos livros que fazem parte desse maravilhoso, desde Charles Dickens (autor de algumas das mais belas narrativas natalícias, tantas vezes adaptadas ao cinema), até Sophia de Mello Breyner Andresen.

domingo, 13 de dezembro de 2009

Campanha de Solidariedade


Que significa ser solidário?

Colocar-me no lugar do outro.
Sentir o que o outro sente.
Tentar ver a perspectiva do outro.
Sentir o sofrimento do outro.
Alegrar-me com a alegria do outro.
Estar atento aos outros.
Ajudar
Agir

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Campanha de Solidariedade

A
solidariedade
consiste em
permitir que os outros
entrem no nosso espaço pessoal,
acolhendo-os com cordialidade e
partilhando com eles o que temos e o que somos.

Campanha de Solidariedade

A verdadeira solidariedade deve levar-nos, em primeiro lugar, a abrir bem os olhos e a perceber o que se passa à nossa volta para entendermos a realidade. Mas, além dos olhos, precisamos de abrir, também, o coração e deixar vir à superfície os sentimentos que nos podem levar à compaixão com os nossos semelhantes mais carenciados. É um coração que vê onde há necessidade de amor, e actua em consequência.

Com a internet ficamos mais impacientes

Um estudo feito por uma operadora de telemóveis britânica revelou que os utilizadores da internet são menos tolerantes à espera, mesmo em situação off-line. Chama-se a isto: WEBSTRESS!
“Mais da metade dos entrevistados admitiu que se irrita com mais facilidade do que no passado. “A internet agiliza nossa vida e nos torna menos paciente com a natureza vagarosa do mundo off-line”, diz o estudo
Aqueles que cresceram inseridos na era da internet têm menos paciência para esperar do que pessoas mais velhas. Um terço dos entrevistados (33%) com idades entre 18 e 24 anos esperam que as páginas da web carreguem em até 10 segundos”
No geral, no entanto, 70% dos entrevistados confessam que se irritam quando têm de esperar mais de um minuto para visualizar o conteúdo de um site. . Ler +. Bem, será que os nossos computadores são suficientemente rápidos para evitarmos que os utilizadores fiquem frustrados e abandonem a biblioteca? É melhor...não arriscarmos!