segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Chá com Livros

Chá com Livros





No âmbito da Comemoração do Dia Mundial da Biblioteca Escolar, a nossa Biblioteca organizou um encontro entre professores e funcionários no Chá com Livros. A actividade desenrolou-se ao longo da tarde e a animação foi muita. Os livros misturaram-se alegremente com o chá e com os bolinhos preparados pelas nossas cozinheiras.


Pelo meio mais uma surpresa: a apresentação do livro “ A Força do Perdão” escrito pelas alunas Lúcia Morais, Sara Teixeira, Tatiana Martins, Maria Ramalho e Sofia Gomes, que abraçaram a proposta da BE/CRE de Vila Flor com esforço e dedicação.

A todos os que participaram e estiveram presentes o nosso obrigado.

A força do Perdão

Ao longo do ano lectivo de 2009-10, as alunas do 9º ano, Lúcia Morais, Maria Ramalho, Sofia Gomes, Sara Teixeira e Tatiana Martins, com esforço e dedicação e com o apoio da Professora de Língua Portuguesa Ana Paulo Trigo, elaboraram um conto intitulado "A Força do Perdão". As dificuldades foram algumas, mas todas elas ultrapassadas com a euforia do conteúdo. Muita alegria no final do trabalho. Aqui fica um exemplo a seguir... Parabéns, continuem.

Chá com Livros

Pensamento da Semana

"Nós não somos o que gostaríamos de ser.



Nós não somos o que ainda iremos ser.


Mas, graças a Deus,


Não somos mais quem nós éramos."




                                                                                                                      Martin Luther King

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Pensamento da semana

"É melhor tentar e falhar, que preocupar-se e ver a vida passar.

É melhor tentar, ainda que em vão que sentar-se, fazendo nada até o final.
Eu prefiro na chuva caminhar, que em dias frios em casa me esconder.
Prefiro ser feliz embora louco, que em conformidade viver"
                                        Martin Luther King

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Poesia

Diz o meu nome
pronuncia-o
como se as sílabas te queimassem os lábios
sopra-o com suavidade
para que o escuro apeteça
para que se desatem os teus cabelos
para que aconteça

Porque eu cresço para ti
sou eu dentro de ti
que bebe a última gota
e te conduzo a um lugar
sem tempo nem contorno

Porque apenas para os teus olhos
sou gesto e cor
e dentro de ti
me recolho ferido
exausto dos combates
em que a mim próprio me venci   
                                                        Mia Couto

Filme Semanal - O Aviador

Uma das figuras mais interessantes do século XX, Howard Hughes foi um industrial esperto, um produtor de filmes glamoroso e um empreendedor americano irrefreável - mas ele via a si mesmo em primeiro lugar, e de maneira mais importante, como um aviador. Neste épico espectacular, o director Martin Scorsese regista o mais prolífico período na vida de Hughes (interpretado por Leonardo DiCaprio, ganhador do Globo de Ouro ® de Melhor Actor): de meados dos anos 20 até os anos 40. Era época de brilhantes invenções aeronáuticas, affairs turbulentos (incluindo um com Katharine Hepburn, interpretada por Cate Blanchett) e batalhas selvagens entre corporações. Se prepare para a jornada da vida de um bilionário, génio e louco.

Sinais e pontuação do altruísmo




Escritor da Semana - Mia Couto

António Emílio Leite Couto é o nome completo do conhecido autor moçambicano, Mia Couto. O nome Mia, foi lhe dado pelo seu irmão, que quando era pequeno não conseguia dizer Emílio. O nome fica-lhe bem, uma vez que tem uma grande paixão por gatos.
  Nasceu a 5 de Julho de 1955 na Beira. Tem ascendência portuguesa, visto que o pai é natural de Rio Tinto. Começou a escrever para o jornal “Notícias da Beira” com apenas 14 anos. Começou a tirar o curso de medicina em 1972. Em '74 começou a enveredar pelo jornalismo. Tornou-se repórter e director da Agência de Informação de Moçambique, da revista semanal “Tempo” e do jornal “Notícias de Maputo”.
  Participou activamente na guerra, como membro da Frelimo, o que o obrigou a viver clandestinamente durante alguns anos.
  Em '85 voltou à Universidade de Eduardo Mondlane, em Lourenço Marques onde se formou em Biologia. Em 1992 foi o responsável pela preservação da reserva natural da Ilha de Inhaca. Dedica-se, actualmente, a pesquisas deste âmbito, para além disso é professor e dirige uma empresa de estudos sobre o impacto ambiental.
  Escreveu vários romances, poemas e artigos de jornalismo.

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Jogo

Um jogo de tabuleiro, onde, pelo caminho da afectividade, são abordadas as seguintes áreas: Autoconhecimento, Auto-estima e Autoconfiança; Comunicação, Família, Grupo e Amizade; Criatividade, Imaginação e Brincadeira; Emoções e Sentimentos; Decisão, Escolha e Resolução de Conflitos.

Neste jogo pretende-se, de uma maneira saudável e divertida, ajudar a preparar também as escolhas que serão determinantes, na idade das escolhas e decisões, para prevenir os comportamentos de risco.

Filme Semanal

“Explore o potencial milagroso e as assustadoras possibilidades da clonagem genética, enquanto as câmaras da National Geographic revelam a história, a controvérsia e os últimos desenvolvimentos de um avanço tecnológico capaz de literalmente mudar o destino da raça humana.


Testemunhe os extraordinários efeitos da revolução da clonagem, desde jardins zoológicos congelados a super galinhas, passando por empresas que sugerem a celebridades o registo dos direitos dos seus DNA. Explore o ‘bravo mundo novo’ da emergente indústria da clonagem e envolva-se nas comoventes histórias pessoais de gente desesperada à espera dos benefícios das ‘peças sobresselentes’ e da clonagem reprodutiva.

Dos dilemas éticos aos cenários de ficção científica, A Clonagem é um olhar provocador sobre esta autêntica caixa de Pandora que é a derradeira tecnologia.”

Leitura Semanal



A Menina que Roubava Livros é um romance do escritor australiano Markus Zusak, publicado em 2006. No Brasil, foi lançado em Março de 2007 pela editora Intrínseca, e foi traduzido por Vera Ribeiro.
Sendo narrada pela morte, o livro conta a história de Liesel Meminger, uma garota que se encontrou com a narradora três vezes entre os anos de 1939 e 1943,e através de um livro, escrito pela menina sobre a sua vida, encontrado pela morte em meio aos horrores da guerra, a morte ficou fascinada com tudo que a menina viu e como sobreviveu, então assim resolveu contar a sua história. Adoptada por uma família alemã, ao entrar na nova casa trazia consigo, escondido na mala, um livro: O Manual do Coveiro, que apanhara da neve no funeral do irmão, quando o rapaz que o enterrava o deixou cair sem dar por isso. Esse foi o primeiro dos muitos livros que Liesel roubaria ao longo desses quatro anos. Sua família acolheu um judeu, Max, para poder ajudá-lo, devido à uma promessa feita por Hans Hubbermann,o pai de Liesel,a mãe do judeu, na Primeira Guerra mundial. Hans Hubbermann, tenta ajudar outro judeu durante uma caminhada e é advertido pelo soldado alemão que o agride. Hans então pede para que Max vá embora, pois os soldados viriam atrás dele e então o pegariam. Liesel é apaixonada por seu amigo Rudy Steiner, que costumava ajudá-la nos roubos de alimentos e depois livros.Rudy sempre pedia a ela um beijo, mas isso nunca aconteceria. Vivendo na Alemanha nazista, Liesel enfrenta vários desafios.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Filme Semanal

Do produtor Jerry Bruckheimer (Pearl Harbor) e do realizador Gore Verbinski (The Ring - O Aviso) chega uma trepidante aventura no alto mar PIRATAS DAS CARAÍBAS: A MALDIÇÃO DO PÉROLA NEGRA.


A idílica vida do malicioso mas irresistível pirata Capitão Jack Sparrow (Johny Depp) dá uma grande volta quando o seu inimigo, o Capitão Barbossa (Geofrey Rush) lhe rouba o seu navio, o Pérola Negra e, mais tarde, ataca a cidade de Port Royal sequestrando a linda filha do governador, Elizabeth Swann (Keina Knightley). Numa tentativa de salvar e recuperar o Pérola negra, Will Turner (Orlando Bloom), um amigo de infância de Elizabeth, decide unir-se a Jack. O que Will não sabe é que a maldição de um tesouro havia condenado Barbossa e a sua tripulação a converter-se eternamente em esqueletos vivos. Uma aventura cheia de suspense e acção, repleta de combates com espada, mistério, humor e espectaculares efeitos especiais que fazem de PIRATAS DAS CARAÍBAS um dos maiores filmes dos últimos tempos!

Leitura semanal


"Sinto muito" é sobre o sofrimento em geral, sobre a dor, seguida de perda, seguida de dor. Entristece o coração, mas recompensa-o grandemente, tornando-o mais leve e melhor. Nuno Lobo Antunes pretende, com bom propósito e bons resultados, deixar que o seu coração se pronuncie, que se liberte a sua voz, que seja conhecida a sua humanidade. E, na verdade, a alma fala.
Há no médico o desejo de ser santo, de ser maior. Mas na sua memória transporta, como um fardo, olhares, sons, cheiros e tudo o que o lembra de ser menor e imperfeito.
Este é um livro de confissões. Uma peregrinação interior em que a bailarina torce o pé, o saltador derruba a barra, o arquitecto se senta debaixo da abóbada, e no fim, ela desaba.
O médico e o seu doente são um só, face dupla da mesma moeda. O médico provoca o Criador, não lhe vai na finta, evita o engodo. Mas no cais despede-se, e pede perdão por não ter sido parceiro para tal desafio.»

Turma mais assídua na BE/CRE - Setembro




terça-feira, 5 de outubro de 2010

Leilão de jardim

Leilão de Jardim
Quem me compra um jardim com flores?
borboletas de muitas cores,
lavadeiras e passarinhos,
ovos verdes e azuis
nos ninhos?
Quem me compra este caracol?
Quem me compra um raio de sol?
Um lagarto entre o muro e a hera,
uma estátua da Primavera?
Quem me compra este formigueiro?
E este sapo, que é jardineiro?
E a cigarra e a sua canção?
E o grilinho dentro do chão?
(Este é meu leilão!)

Poema de Cecilia Meireles

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

 Outubro


- Filme Semanal - Às Sextas Feiras: 12.30 - 14 horas
- Clube de Leitores 2º e 3º Ciclo - Às Quintas Feiras: 12.30 - 13.15
- Formação de utilizadores - 5º Ano
- Hora do Conto - 1º Ciclo e Pré
- Quem é quem
- Palavra puxa palavra