sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

BiblioTech, a primeira biblioteca sem livros físicos


 A cidade de Bexar Country, no Texas, receberá a BiblioTech, a primeira biblioteca sem livros físicos, pois todos os títulos estarão disponíveis apenas em versões digitais. Os leitores poderão ir ao local, levantar um e-reader e levá-lo para casa.
A ideia desta tipologia de biblioteca foi apresentada pelo juiz Nelson Wolff e não pretende substituir as bibliotecas tradicionais, mas sim funcionar como um complemento.

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

A mais bela livraria do mundo

Curiosidades





Os leitores de Berlim decidiram transformar alguns troncos caídos numa pequena biblioteca comunitária. Em cada tronco são esculpidas caixas rectangulares que funcionam como estantes para os livros. Durante todo o dia, os moradores de um bairro, jovens e idosos trocam os seus livros usados por outros livros "novos" . O projeto foi desenvolvido pela organização BAUFACHFRAU e faz parte do movimento Bookcrossing que permite a troca de livros em espaços públicos.
 

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Semana da Leitura


De 11 a 15 de Março de 2013, a Semana da Leitura celebra a Leitura e o Mar, desafiando crianças, jovens, adultos e a comunidade em geral, de autarquias a empresas, de escritores e artistas a individualidades públicas, a unirem-se na grande festa do livro e da leitura.




Semana da Leitura 2013



Nesta 7ª edição da Semana da Leitura, centrada na temática do MAR, o Plano Nacional de Leitura, em parceria com a Estrutura de Missão para Extensão da Plataforma Continental (EMEPC) e com o apoio do Banco Popular, lança a todas as escolas o desafio de tornarem a leitura e os livros presentes em toda a parte.

Entre 11 e 15 de março de 2013, esta iniciativa convoca a leitura para mostrar a relevância histórica e cultural do mar na construção da identidade do povo português, ajudando a (re)descobrir a pluralidade de dimensões do mundo.
O desafio é lançado a partir de um conjunto de motes, devendo cada escola/ agrupamento de escolas escolher um ou vários em função do seu projeto, e dinamizar iniciativas/ atividades de promoção de leitura que envolvam as crianças, os jovens, assim como diversos sectores da comunidade.
Para mais informações clica aqui.

A próxima revolução nos tablets?