terça-feira, 29 de abril de 2014

Jardim de Infância de Benlhevai e Stª Comba



As crianças do Jardim de Infância de Benlhevai e Stª Comba, com as suas Educadoras e funcionárias, visitaram a Biblioteca Escolar, a propósito do dia Mundial do Livro. Foram acolhidos ao som de música pelos alunos do 6º C sob a orientação da Professora Beatriz. No final deixaram na Biblioteca uns trabalhos feitos para serem expostos e a Biblioteca ofereceu-lhes postais com poema para o Dia da Mãe.


Estante



FNAC Portugal lança Estante. Projecto editorial para amantes de livros
A publicação vai ser trimestral e está disponível nas lojas e página de internet da loja

A FNAC Portugal acaba de lançar um novo projecto editorial. Trata-se da revista Estante e é a pensar naqueles que são "apaixonados por livros".
 A primeira edição conta com a colaboração de Valter Hugo Mãe que assina o editorial da revista.
 “A nossa ligação umbilical aos livros fez-nos apostar numa revista para quem partilha connosco a paixão pela literatura e pelos autores. Queremos que os portugueses leiam ainda mais e que a paixão pelos livros em papel perdure. Para isso criámos a ESTANTE”, explica Jorge Guerra e Paz, responsável de Comunicação Institucional e Cultural da FNAC em Portugal.
A empresa garante que, a Estante vai ser a revista "de cultura com maior tiragem a nível nacional, com equipa própria e conteúdos originais", acrescentando ainda que vai dar "palco à língua portuguesa, aos autores e à força das palavras".
 O número 1 tem como tema de capa a comemoração dos 800 anos da Língua Portuguesa e a figura escolhida para a primeira grande entrevista de fundo é José Tolentino Mendonça, numa edição que assinala ainda os 40 anos do 25 de abril. A publicação vai ser dividida em quatro secções: a vírgula (introdução, breves, etc), os parênteses (grande entrevista e temas de fundo), a reticência (novidades do mundo dos livros) e o ponto de interrogação (secção infantil). 
 A publicação vai ser trimestral e está disponível nas lojas e página de internet da loja".

                                                                               Jornal i                

Educação


quinta-feira, 24 de abril de 2014

40 anos do 25 Abril

Sophia de Mello Breyner, em abril de 74, lançou a frase: "A poesia está na rua". 
A pintora Helena Vieira da Silva ilustrou-a, em cartazes que correram o país de lés a lés. 
Fonte. RBE

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Dia Mundial do Livro


A Unesco criou a data “Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor” para encorajar as pessoas, especialmente os jovens, a descobrirem os prazeres da leitura, e a ganharem um novo respeito pelo pela tremenda contribuição dos autores de livros através dos séculos.
Uma tradição catalã ligada aos livros já existia no dia 23 de abril, e parece ter influenciado a escolha da Unesco. Na tradição catalã, no dia de São Jorge (23 de abril), é costume dar uma rosa para quem comprar um livro. Trocar flores por livros já se tornou tradição em outros países também.
A Unesco escolheu a data em 1995, em Paris e ela foi escolhida também por ser a data da morte de três grandes escritores da história: William Shakespeare, Miguel de Cervantes, e Inca Garcilaso de la Vega.

23 de abril é também a data de nascimento ou morte de outros autores famosos, como Maurice Druon, Haldor K.Laxness, Vladimir Nabokov, Josep Pla e Manuel Mejía Vallejo.
Fonte: Programa Integral de Leitura

Dia Mundial do Livro

Fonte RBE

terça-feira, 22 de abril de 2014

A leitura é uma operação livre

"Muitos autores são ao mesmo tempo os seus próprios leitores - à medida que escrevem , e é por isso que tantos vestígios do leitor aparecem nos seus escritos - tantas observações críticas - tanto que pertence à província do leitor e não à do autor. Travessões - palavras em maiúsculas - passagens grifadas - tudo isso pertence à esfera do leitor. O leitor põe a ênfase como tem vontade - ele de facto faz de um livro o que deseja. Não é todo o leitor um filólogo? Não existe uma única leitura válida somente, no sentido usual. A leitura é uma operação livre. Ninguém me pode prescrever como e o que lerei."

Friedrich von Novalis, in "Fragmentos"

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Dia internacional do livro infantil


No dia 2 de abril comemora-se em todo o mundo o nascimento de Hans Christian Andersen. A partir de 1967, o dia 2 passou a ser designado por Dia Internacional do Livro Infantil, chamando-se a atenção para a importância da leitura e para o papel fundamental dos livros para a infância.
Para assinalar o Dia Internacional do Livro Infantil 2014, a DGLAB convidou a ilustradora Ana Biscaia, vencedora do Prémio Nacional de Ilustração do ano passado, para ser a autora da imagem do cartaz. Tal como tem sido habitual, o cartaz impresso foi distribuído pelas Bibliotecas Municipais e por algumas livrarias de literatura infantil. (Fonte: RBE)

Chuvas de abril

"When April showers may come your way
They bring the flowers that bloom in May
So when it's raining have no regrets
Because it isn't raining rain you know
It's raining violets".