terça-feira, 24 de novembro de 2015

Poema




Poema

O que é a lua sem estrelas?
O que é uma nuvem sem o céu?
O que é um sentimento sem o coração?
O que é um peixe sem o mar?
O que é um dia de verão sem o sol?
O que é uma flor sem raiz?
O que é uma abelha sem uma colmeia?
O que é um pássaro sem um ninho?
O que sou EU sem TI?
A resposta a estas perguntas nunca se encontrará, mas, sabe-se que certas coisas  nunca estarão completas…
Que sentido tem uma gota tentar apagar um incêndio, se sabe que se vai perder, mas também sabe que com a união não há maneira de se perder?
Tem sentido uma brisa tentar derrubar uma árvore, se tão suave que é, isso nunca irá acontecer?

Mas com outras brisas e ventos do norte, ela conseguirá realizar o seu desejo…

                                      Eduardo Fernandes 

Sem comentários:

Enviar um comentário