segunda-feira, 7 de março de 2016

A formiga e a cigarra



Tempo de poesia


Todo o tempo é de poesia.

Desde a névoa da manhã
à névoa do outro dia.

Desde a quentura do ventre

à frigidez da agonia.

Todo o tempo é de poesia.

Entre bombas que deflagram.
Corolas que se desdobram.
Corpos que em sangue soçobram.
Vidas que a amar se consagram.

Sob a cúpula sombria
das mãos que pedem vingança.
Sob o arco da aliança
da celeste alegoria.

Todo o tempo é de poesia.

Desde a arrumação do caos
à confusão da harmonia.


António Gedeão, Obra poética

quinta-feira, 3 de março de 2016

Curiosidades


1. No Reino Unido, a prescrição de livros em vez de fármacos está a ser adotada como terapia para tratar a depressão. Efectivamente, os livros ajudam os pacientes a ultrapassar os problemas que os atormentam sem efeitos secundários.

2. A obra 50 Sombras de Grey foi o livro mais lido de sempre em Inglaterra.

3. Os livros de Justin Bieber e Jessica Alba foram best sellers nos Estados Unidos.

4. Em Portugal, mais de metade das pessoas não leu um único livro no ano passado.

5. A palavra livro provém do latim "liber" , que significava a camada fina entre a casca e o miolo da árvore. A palavra inglesa "book" tem um significado semelhante: deriva de "bog" ou salgueiro, de que eram feitos os livros.

6. O livro mais caro foi o original dos "Contos de Canterbury" vendido em Londres, em 1998, por quase 8 milhões de euros.

7. O livro mais caro foi o original dos "Contos de Canterbury" vendido em Londres, em 1998, por quase 8 milhões de euros.

8. O livro infantil mais caro foi o exemplar de Alice no País das Maravilhas que pertencia ao próprio Lewis Carrol. Custou quase 2 milhões de euros.

9. A autora que mais vende é Agatha Christie. Nada como ler um bom assassinato.

10. Em 1931, Alice no País das Maravilhas foi proibido na China, já que animais que falavam eram um insulto aos humanos.

11. Nos EUA, a biografia de Millie, a cadela de George Bush pai, faturou 900 mil dólares, enquanto a biografia do próprio ex-presidente rendeu apenas 2700.

12. Leo Tolstoi escreveu Guerra e Paz (quase 1300 páginas impressas, muitas em manuscrito) em 1863. A sua esposa teve de passá-lo a limpo sete vezes!


13. Conan Doyle, autor de Sherlock Holmes era oftalmologista e teve de começar a escrever porque os oftalmologistas tinham um vencimento baixo no século XIX.

Leitoras do mês de janeiro


Débora Ferreira e Sofia Lopes do 5º A
Parabéns, continuem assim.

terça-feira, 1 de março de 2016

A formiga horripilante



No dia 25 de fevereiro, as escolas do Pré-escolar, deslocaram-se à sede do Agrupamento a fim de assistir a um teatro de fantoches, intitulado “A Formiga Horripilante”, de Liz Pichon. Esta atividade teve como principal objetivo a promoção e motivação para a leitura. Foram momentos únicos vividos pelos alunos onde a partilha de emoções e o convívio entre todos foi bastante evidente. E nada melhor do que vermos as fotos e video que se seguem, para comprovarmos que a atividade foi uma festa para todos.